segunda-feira, 12 de março de 2018

Mulher só gosta de dinheiro, será?

A turma da blogosfera de finanças adora escrever que mulher gosta de dinheiro e eles, ainda, não tem. Logo, não comem ninguém. Será mesmo que é isso? NÃO É! Claro que mulher gosta de dinheiro. Mas, em segundo lugar vem o físico!

"Mulher só gosta de dinheiro" 😖 😖 

A fim de difundir conhecimento e tentar ajudar alguns amigos da blogosfera de finanças, vou começar uma série de textos voltados a Musculação ( treino, dieta e qualquer tema que me sugerirem). Nesse  primeiro poste, vou tentar expor alguns dos diversos motivos que, em minha opinião, os colegas deveriam adentrar nesse mundo da maromba. Para começar, gostaria de dizer que sou um amante deste esporte a anos e que, desdo curso de farmácia até atualmente (estou na faculdade de medicina), procurar estudar e aprender mais sobre o tema. 
O motivo para o cara ao lado, pobre igual a você, estar pegando alguém e você não é que ou você é um gordo escroto ou um magrelo de merda. 
Parem de reclamar que não comem ninguém só por causa de dinheiro, admitam a burrice do passado e mudem o presente e futuro! Chega se serem hipócritas! 

Blogueiro de finanças reclamando que não come ninguém por causa de grana, será mesmo?😑😑

Além disso, poderíamos falar de diversas outras coisas que atraem nichos específicos de mulheres, como exemplo: dança de salão, tocar um instrumento, falar outros idiomas e etc. Ao invés de ficar chorando na blogosfera e jogando vídeo game no seu tempo vago, você poderia arrumar um hobby que te renderia umas transadas todo mês. 
Continua jogando ai vai

Nem vou entrar no tema de personalidade e atitude na hora de falar com uma mulher, para não ampliar muito um tema simples. 

Vídeo caso alguém tenha "dúvida"

Mudança é difícil, eu sei. Mas não é impossível. Se quiser acompanhar nos próximos textos vamos entrar na ciência do treinamento.

Um abraço






domingo, 4 de março de 2018

A vida depois do infarto

A vida depois do infarto. Paciente, geralmente, só faz mudanças reais na sua vida depois de um evento trágico. Vai pra faculdade, estuda - as vezes trabalha - sai para algumas festas; após formado, no primeiro emprego, trabalha sem parar por uns 10 anos - comprar casa, carro (gasta sem parar); chega o primeiro filho, mais uns 5 anos de empenho árduo na empresa para aumentar a renda da família, e assim vai... mais um filho, mais trabalho! Até que chega aos 40 anos com o currículo recheado.



História verídica de um paciente que 
atendi na emergência do hospital 
essa semana (nome fictício). 

Foto do trabalhador que usa um tapa-olho de burro 

Relato

José: Hoje não estou legal...um mal estar, meio sufocado, com uma coisa apertando meu peito, acho que é porque o mês está acabando e o dinheiro também...é, só pode ser.
Pedro: Mas o futebol hoje está de pé?
José: Claro...claro...já já melhoro
...
José: Cara esse relatório está me matando, ainda não melhorei. Tô meio enjoado, suando frio.
...
José: Passa a bola! Corre! 
Pedro: Gol!

José caiu com a mão no peito dentro do campo.

Pedro: Socorro! Alguém liga para ambulância!

Currículo do José

Atividade física: Não faz a 20 anos
Dieta: Faz por 1 mês e para 6 meses
Estresse: Vive com ele desdo primeiro emprego
Hobby: Churrasco e cerveja com família e amigos no final de semana
Vai no médico? Não - por conta do trabalho nunca tem tempo.

Quantas vezes na semana será que ele faz isso?

Só com essa história, o que vocês acham que o médico vai encontrar no exame clínico e laboratorial? Ninguém precisa fazer medicina para saber a resposta.

Exame físico do paciente: 
Peso: 20kg acima - com um percentual de gordura corporal de 30%
Circunferência abdominal: 40 cm acima do ideal! 

Ele coloca a culpa no trabalho - "tenho muito estresse no trabalho "

Exame laboratorial: Colesterol alto; triglicerídeos altos; pré-diabético; Pressão arterial acima do normal

Vamos fazer um resumo da história. Adulto jovem, formado com "tudo na mão", começa a trabalhar (ganhando um dinheiro que nunca teve). Ele tinha TUDO NA MÃO! Era só cuidar da saúde e continuar vivendo, mas resolveu que trabalho - em excesso - era sua prioridade. ACORDA, SAÚDE NÃO TEM VOLTA!
A maioria das pessoas tem uma grande dificuldade de entender esse conceito. Saúde não tem volta. Se você está a 10 anos com 15kg a mais, são 10 anos de desregulação hormonal, enzimas do metabolismos e sobrecarga dos órgãos. Ele acha que se emagrecer no futuro tudo vai ficar bem novamente - zerar o jogo😱. Precisa de um infarto para a criatura perceber que isso não é verdade?

A maioria dos colegas da blogosfera de finanças acreditam que o indivíduo tem responsabilidades sobre seu dinheiro - excluindo as pessoas muito pobres que não tenham o mínimo de acesso a informação -, se gasta mais do que tem, por burrice, a culpa é dele. Se não cuida da saúde também! Você precisa de saúde para aproveitar a aposentadoria e a reserva financeira (não?).
História triste desse paciente, precisou de um evento brusco para se tocar e "mudar de vida" - diz ele que vai mudar. E você, está cuidando de sua saúde? Ou prefere se aposentar aos 40 anos com uma saúde de 80?


E agora, José?
A festa acabou,
...
já não pode beber,

já não pode fumar,

cuspir já não pode,

o riso não veio,

não veio a utopia

e tudo acabou

...
Com a chave na mão

quer abrir a porta,

não existe porta;

...
Sozinho no escuro

você marcha, José!

José, para onde?


                            Carlos Drummond de Andrade