domingo, 9 de agosto de 2020

A FALTA DE RESPONSABILIDADE DOS PACIENTES (PESSOAS)

Quanto mais pacientes eu atendo, quanto mais pessoas eu conheço mais percebo a falta de responsabilidade que os indivíduos tem sobre sua vida. Sei que esse tema pode ser entediante para alguns, pois o pessoal da blogosfera está acostumado a escrever sobre responsabilidade em finanças, mas em minha vida (pensamentos) ele ainda é pulsante. 


Pode fumar a vontade, depois é só ir no SUS

Obesidade e sedentarismo sem dúvida é o carro chefe quando a gente fala em falta de responsabilidade em saúde, mas eu queria comentar um pouco sobre a Saúde Mental. 
Os transtornos mentais (depressão, ansiedade e etc) tem vários fatores de risco e fatores protetores. Por exemplo, é sabido que a privação de sono é fator de risco para diversas doenças mentais, então se você já teve ou tem depressão deve fazer uma higiene do sono adequada (controlar estimulantes, horas de tela, drogas e etc). Aí os pacientes chegam fodidos no consultório, quando você vai investigar, ele ficou até as 5:00 a.m jogando free fire, tomando coca cola e comendo fast food. Resultado: agora ele quer um diazepam (medicamento hipnótico) para dormir - como tem de "graça" no SUS ele não se sente responsável pela aquela despesa. 
O mesmo vale para atividade física, a gente explica pro paciente que ele precisa fazer porque protege ele contra crises de ansiedade e diversos outros benefícios, mas o paciente quer mesmo é pizza e netflix. 

Imagem relacionada
Vamos se cuidar galera

É mais um desabafo galera ...desculpa 😂
Eai, vocês tem se cuidado ?
Não precisa de extremismo! 
Abraço a todos


19 comentários:

  1. Fala Investidor.
    Não sou da área médica, mas imagino que esses casos sejam muito comuns. Imagino também que principalente entre os homens há o hábito de adiar ao máximo as visitas ao médico ou minimizar a importância de cuidados co a saúde (qualidade do sono, alimentação, abandono de vícios, controle de stress etc). Embora os homens de hoje em comparação com duas gerações atrás já tenham evoluído nesse sentido.
    Disciplina conosco mesmo é fundamental também. Mas essa questão de hábitos é tão ampla que mesmo profissionais da saúde comentem os erros listados acima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida você tem razão. Vou contar um caso da minha sala (amigo próximo) para ilustrar.
      Meu colega, que faz medicina, com dinheiro, jovem (28 anos) teve diagnóstico de hipertensão arterial, ao invés de mudar o estilo de vida dele preferiu usar medicamento. Resultado: atualmente tem 28 anos e faz uso de 2 medicamentos anti-hipertensivos. A vida dele só tende a piorar, provavelmente com 60 anos ele vai tomar uns 10 medicamentos.

      Excluir
  2. a realidade é essa
    academia só enche no verão e por motivos ridículos: mostrar o corpo na praia ou no carnaval
    quando chove, não vai ninguém
    ninguem le nada sobre nutrição e mal sabem identificar o que é carboidrato

    ResponderExcluir
  3. Se tem uma coisa que eu tenho preocupação é com a minha saúde, eu reconheço que tenho hábitos sedentários e faço pouca atividade física no cotidiano, mas quero melhorar isso.

    Por reconhecer esses hábitos nocivos na minha vida tomei a iniciativa de monitorar mais de perto minha saúde e melhorei meus hábitos alimentares, sei que a atividade física é importante e estou agora tentando criar uma rotina que se encaixe, porém por motivos médicos também tenho evitado atividade física.

    Sobre a sociedade no geral eu acredito que essa geração (20-40 anos) vai sofrer muito na velhice com problemas causados por hábitos grotescos de consumo, o fast food é um clássico exemplo, comer uma vez ou outra tudo bem, mas tem gente que come todo dia e acha que aquela comida que fica pronta em 5 minutinhos no shopping faz bem pra saúde.

    Abraços
    Pi.
    http://poupadordointerior.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continue lutando pela sua saúde Poupador do interior.
      Entendo que a ideia da maioria das pessoas na blogosfera de finanças seja poupar e investir. Mas de nada adianta se chegar lá com diversas doenças.
      Um abraço

      Excluir
  4. Acho que vai ficar mais grave por causa da ascenção do movimento body positive, da romantização da depressão entre jovens nas escolas e redes sociais.

    Tomei vergonha na cara e não sou mais sedentário, faço exercícios básicos (corrida e caminhada) todos os dias e já notei que melhorou um pouco essa ansiedade, pensamentos negativos só vem mais em dias que estou parado - finais de semana. Isso faz lógica porque cabeça vazia é oficina do Diabo, nossos antepassados não tinham muito esses problemas de ansiedade e depressão pois a alimentação era mais natural e fresca, havia mais esforço físico - quase não haviam pessoas acima do peso, não havia muita comodidade.

    Muita coisa evoluiu, tecnologia e Medicina que o digam, e o ser humano médio parece ficar cada vez mais precário, derrotista, idiota, cômodo, não quer reconhecer que ele mesmo pode construir a própria trajetória - pro bem ou pro mal, tudo é culpa dos outros, tudo deve ser consertado pelos outros. Eu acho que daqui uns 200 anos realmente a humanidade vai estar parecida com o filme Idiocracia, pensava que era exagero mas não é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda sou muito jovem para comparar épocas, mas diariamente fico chocado em como as pessoas não aprenderam a ter responsabilidade, e não interessa a classe social.
      Sucesso em sua jornada
      Um abraço
      Obrigado por acompanhar

      Excluir
  5. Eu sem dúvida preciso olhar mais pra minha saúde =S

    ResponderExcluir
  6. Nao tenho me cuidado. Pra que perder tempo se o Covid ou qq coisa pode me mantar amanha? melhor usar o tempo com coisas mais úteis...morrer todo mundo vai, mais cedo ou mais tarde...melhor até ser mais cedo pq to cansado dessa vida miserável ja faz tempo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pq só dá pra viver o hoje quando vc/nos ainda estamos vivos
      Se quiser viver o amanhã quando vc Já está morto (e eu tb) entra logo no caixão e se enterra

      Excluir
    2. Olha Scant, até tenho pensado em me matar mas na hora H a coragem falta sabe. Já tentei pular do predio e tudo mas não tenho coragem...até para isso fracassei

      Excluir
    3. Olá Anônimo.
      Procure ajuda médica com urgência, se necessário peça para um amigo ou familiar lhe acompanhar.
      Um abraço

      Excluir
    4. Anos, não te conheço
      A vida é sua
      Faça o q vc quiser, mas saiba que pode existir uma vida após a morte pior q a atual
      Boa sorte e não se mate

      Excluir
    5. valeu a preocupação mas ajuda nao adianta mais...

      Excluir
  7. Anon faça como o Investidor Universitário indicou, busque auxílio psicológico/psiquiátrico.
    Acredito que não seja troll, se realmente seu padrão de pensamento está assim, há algo errado.

    Tem que buscar alguém para avaliar melhor sua situação, não se contente em viver uma vida dessa forma,com esse padrão de pensamentos e atitudes. Você pode mais que isso.
    Uma mudança de ares, alimentação, auto imagem, perdão, novos planos etc etc podem ser o que você precisa, mas pra isso tem que se ter uma avaliação de um profissional.

    ResponderExcluir
  8. Eae investidor, sei que essa dúvida minha não é desse assunto, mas se vc puder responder, eu ficaria grato,

    Faço odonto estou no primeiro semestre, compensa sair e ir pra med? A área de odonto ainda da dinheiro?

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir