domingo, 18 de abril de 2021

COMO FAZER UM BOM INTERNATO MÉDICO

Fala pessoal, no último poste o colega Futuro Alfa (FA), pediu que eu falasse um pouco mais sobre como é a rotina do internato (internato é o estágio obrigatório do curso de medicina, aconteceu nos dois últimos anos da faculdade). Como estou chegando no final do curso, indo para 12° fase, resolvi deixar minhas reflexões. 


RESUMO

Para você ser um bom interno basta só duas coisas: estudar e ser proativo. A verdade é que a maioria dos alunos estão boiando enquanto o trabalho hospitalar está acontecendo a sua volta, e não é por falta de pro atividade é por falta de conhecimento mesmo. Então a base de um bom internato é você estudar a especialidade que irá passar, ter conhecimento médico. Se você é um aluno proativo, irá conseguir fazer muitos procedimentos, algo essencial para formação médica...pense bem: quem será o responsável por drenar o tórax em 6 meses? VOCÊ! Então faço todos procedimentos que conseguir! 

Minha maior motivação


#Mas como eu me preparo para o internato ?

A primeira coisa que você precisa saber é o que vai fazer após se formar. Só existe 2 caminhos.

1) Trabalhar ( poste de saúde, plantão, clínica...)

2) Fazer residência médica

A partir disso, o aluno traça seu caminho para os próximos dois anos. 

#Mas qual é a diferença? 

A preparação deve ser totalmente diferente, um aluno que vai trabalhar deve focar seu tempo livre em estudar coisas práticas que vai usar no dia a dia e adquirir mais experiência - ou seja, fazer estágios em horários livre, o mais próximo do seu futuro trabalho. 

Exemplo: 

1) Quer sair da faculdade e trabalhar em UBS ("postinho"). Focar seu tempo em apreender: puericultura(consulta pediátrica), pré-natal, condução das doenças mais básicas (diabetes, hipertenção, dislipidemia e etc)

2) Quer dar plantão em emergência: Fazer estágio em hospitais, Pronto atendimento, Cirurgia Geral (praticar sutura, drenagem de abscesso e etc - lembrem que dependendo do lugar só tem o médico do P.A. pra fazer o básico). 

Agora se você quer prestar prova de residência (como eu), o foco do seu tempo livre tem que ser na prova de residência. O estudo é completamente diferente. A prova de residência é um concurso médico que está cheio de pegadinhas, doenças raras ...coisas que até mesmo especialistas no assunto nunca viram na prática...lembrem é um concurso! 

Observação: por mais que parece que o aluno que quer trabalhar vá aproveitar melhor o internato médico, NÃO É ISSO QUE ACONTECE. Entre todos os colegas que conheci, o ato de estudar para prova de residência fez com que eles (nós) se destacasse no internato, porque mantemos uma rotina de estudo diária, enquanto a galera que vai trabalhar leva o internato mais tranquilo nas "coxas". 

Dicas práticas

1) Rotina de estudos: como fico no hospital das 8-17h, organizo minha rotina de estudos com 1:20h antes da aula e 1:20h após a aula, com blocos menores a distração é menor. 

2) Atividade física: Aconselho a todo mundo manter atividade física, faço de 5-6x por semana 1:30h. A saúde mental agradece. 

3) Final de semana: Descanso e um pouco de estudo. 

4) Lazer: meu lazer é treinar (academia) e fazer alguma coisa com a namorada na sexta e sábado. Tenho colegas que largaram "tudo" para estudar para prova de residência...eu não largo. Prefiro me manter assim....em fevereiro revelo o resultado dessa jornada😉

Grande inspiração nos treinos e na vida


Era isso pessoal

Um abraço, espero ter ajudado alguém

Nenhum comentário:

Postar um comentário