quinta-feira, 30 de julho de 2020

COMO GANHAR DINHEIRO NA FACULDADE DE MEDICINA

Como sou um pobre fodido, sempre tive que correr atrás de grana na faculdade, ao longo desses 5 anos percebi algumas formas de ganhar dinheiro dentro do curso - inclusive umas meio polêmicas 😈. Vou compartilhar todas que eu conheço e quais já fiz. 

RESULTADO DO VERÃO DE 2020 (QUEM DERA 😭😭😭)

Antes de começar deixa eu lembrar vocês que o aluno de medicina não pode fazer um estágio tradicional como os outros cursos, porque o curso é integral e nem existem vagas como no curso de direito ou engenharia. Então vamos ver as opções para os pobres.

1) Monitoria, Iniciação científica e extensão universitária:
Essas modalidades são oferecidas pela universidade, pagam muito mal (na minha universidade uns 200/mês) e dão muito trabalho, são bons para o currículo mas pensando em dinheiro não vale a pena. 
obs: Fiz monitoria e iniciação científica mas só porque precisava muito da grana.  

2) Youtuber:
Uma ótima forma de ganhar uma grana. O mercado online consume quase todo tipo de conteúdo voltado pra medicina, não precisa de muito critério, basta ter o nome Medicina do lado que vc já vai ganhar algumas visualizações. Se vc der uma olhada no youtube irá perceber que mesmo conteúdos fúteis tem resultados. 
Obs: Infelizmente eu só fui fazer um canal no 5° ano então acho que não vou conseguir muita grana até me formar. 

VC SÉRA SEGUIDO SÓ PQ FAZ MEDICINA, Ñ IMPORTA O CONTEÚDO

3) Instagram:
Está muito famoso as medvlogs no momento. Mas quem são elas? Se você analisar os perfis irá perceber o seguinte: garotas, ricas, lindas, gostosas e por vezes fúteis. Não me entenda mal, não julgo elas por mostram a bunda no insta e ganharem grana com isso. Porém vc pobre fodido e feito tem que entender que mercado é esse para não se iludir achando que vai ganhar dinheiro com 2k de seguidores. Elas já são lindas e ricas, não enriqueceram com isso, o insta é só uma nova forma delas serem "atrizes da globo". 
Obs: As empresas pagam pelo marketing com produtos e as vezes dinheiro. Eu ,como vocês devem imaginar, nunca tive esse trabalho.

ENTENDA, AS GAROTAS SÃO RICAS E LINDAS! (MEDVLOG FLAVIA.JU)

4) Cirurgia:
Todo cirurgião precisa de um auxiliar e, as vezes, o hospital não oferece.  O que o cirurgião faz? Contrata um acadêmico! Além de ajudar no ato operatório geralmente vc também faz a papelada (vc vira secretário 😂😂).
Obs: comecei a fazer no fim do 4° ano. Ganhava 100/ período. Fiz dentro da ortopedia, então ao mesmo tempo que ganhava dinheiro aprendia minha futura especialidade. A merda é que o COVID fodeu com as cirurgias eletivas (marcadas) e ai acabou o meu trabalho. 

5) Plantões: 
É comum o médico emendar um plantão no outro - por vezes bem mais de um. Por lei ele só poderia fazer 36h direto. Então, o que o médico faz quando tá muito cansado e tem que dar um plantão noturno? Chama um acadêmico! Aí o aluno fica com o carimbo dele na porta da emergência e ele fica no quarto ...caso chegue algum caso mais grave vc liga pra ele.  
Obs: Também comecei esse no fim do 4° ano. Ganhava 150/12h. Fiz dentro da ortopedia, nas férias de janeiro e fevereiro de 2020 trabalhei pra caramba em plantão e Centro cirúrgico. Vale muito a pena!

6) Empresas de Educação médica ou produtos médicos(livros):
Assim como tem diversas empresas de cursinho preparatório para entrar no curso de medicina, tem para entrar na residência médica. Além disso, algumas dessas empresas vendem livros também. 
Obs: Eu nunca ganhei muito dinheiro com isso, a empresa que trabalho paga 10% do valor, em 6 meses ganhei em torno de uns 800 reais. Mas eu não sou bom vendedor.

7) Fazer provas ou trabalhos para os outros
Já ouvi alguns alunos falando a respeito disso, mas como a minha universidade é pequena (os professores sabem meu nome) e não tem muitos trabalhos (quase sempre é prova) eu nunca corri muito atrás disso. Dizem que nas federais isso é mais frequente. 

Por hoje era isso pessoal
Abraço! 





14 comentários:

  1. Vou passar a acompanhar, gostei do post.

    ResponderExcluir
  2. Vim pelo blog do pingunço, tomara que não faça igual o refúgio beta...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendi o comentário, não sei o que é refúgio beta e não me lembrado de nenhuma blog do pingunço.
      Mas seja bem vindo.

      Excluir
    2. E ae, Investidor Universitario.. FA aqui..

      Tou vendo que voltou a postar. 11:22, o IU ja postava muito antes do pinguço e nao tem intencao de liderar os betosos

      Excluir
  3. Esse ano fiquei a menos de 40 pontos de conseguir entrar em Medicina na federal do meu estado. Acabei entrando em outro curso e pretendo continuar, Medicina é muito difícil de se manter dentro, só bico não ia dar certo para mim, preciso ajudar minha família financeiramente, por isso farei um curso (ninguem sabe quando 2020/2 começará por causa da Covid) em um turno que dê para trabalhar em outro. Tem os auxílios, mas não servem de muita coisa, quase tudo se vai só em transporte e alimentação.

    Também não sentia que tinha vocação, mesmo que dê muito dinheiro, pode parecer idiotice para um marmanjo mas sempre me senti mal ao ver imagem de amputações, cortes profundos, esfacelamentos e essas coisas que se vê em emergência.

    Minha graduação é boa, não é nada garantida, mas tenho bem mais afinidade com ela e é "mais fácil" de trabalhar, pretendo ir me preparando aos poucos para concursos da área, não tenho essa visão romântica da iniciativa privada como os calouros tem, sem falar que na minha área quem não tem berço é uns 70% de chance de se foder, a maioria já tem pai, avô e sobrenome na jogada, eu não e por isso acho que concursos será a única forma "garantida" de eu conseguir um bom espaço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei algo parecido quando sai da farmácia e fui pra medicina. Temos que ponderar dinheiro e afinidade, não dá pra ser infeliz 60h/semana durante 20-30 anos...a pessoa tem que gostar o mínimo do que faz.
      Boa sorte em sua jornada
      Obrigado por acompanhar

      Excluir
  4. Bem legal o post. Na minha faculdade abusei muito do número 8

    ResponderExcluir
  5. Bom blog, vou acompanhar a partir de agora.

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Muito elucidativo, obrigado! Sou acadêmico no 2 ano de medicina e não sabia dessas opções futuras de plantão etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É normal, isso rola nas internas...nenhum médico fala que faz...porque é ilegal...Rola muito mais plantões e grana na área da clínica médica. Mas se vc está no segundo ano não esqueça do youtube.
      abraço boa sorte

      Excluir