domingo, 1 de abril de 2018

PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES: O POBRE SE FODENDO MAIS UMA VEZ


Minha cara ao ler a notícia

Fala pessoal, como vocês devem ter acompanhado, o governo liberou uma nova "pasta" de políticas públicas voltadas a Atenção Primária (famoso posto de saúde): práticas integrativas e complementares. Segue a lista de mais uma bosta que eles querem empurrar aos pobres. 


     Apiterapia – método que utiliza produtos produzidos pelas abelhas nas colmeias como a apitoxina, geléia real, pólen, própolis, mel e outros.
·    Aromaterapia – uso de concentrados voláteis extraídos de vegetais, os óleos essenciais promovem bem estar e saúde.
·      Bioenergética – visão diagnóstica aliada à compreensão do sofrimento/adoecimento, adota a psicoterapia corporal e exercícios terapêuticos. Ajuda a liberar as tensões do corpo e facilita a expressão de sentimentos.
·   Constelação familiar – técnica de representação espacial das relações familiares que permite identificar bloqueios emocionais de gerações ou membros da família.
·    Cromoterapia – utiliza as cores nos tratamentos das doenças com o objetivo de harmonizar o corpo.
·    Geoterapia – uso da argila com água que pode ser aplicada no corpo. Usado em ferimentos, cicatrização, lesões, doenças osteomusuculares.
·         Hipnoterapia – conjunto de técnicas que pelo relaxamento, concentração induz a pessoa a alcançar um estado de consciência aumentado que permite alterar comportamentos indesejados.
·      Imposição de mãos – cura pela imposição das mãos próximo ao corpo da pessoa para transferência de energia para o paciente. Promove bem estar, diminui estresse e ansiedade.
·        Ozonioterapia – mistura dos gases oxigênio e ozônio por diversas vias de administração com finalidade terapêutica e promove melhoria de diversas doenças. Usado na odontologia, neurologia e oncologia.
·    Terapia de Florais – uso de essências florais que modifica certos estados vibratórios. Auxilia no equilíbrio e harmonização do indivíduo.

Imagem que o governo vende do SUS
Realidade do SUS no Brasil

Pensem no seguinte, o país está quebrado - acredito que ninguém discorda disso - e os FILHAS DA PUTA querem gastar dinheiro e tempo com MERDAS SEM NENHUMA COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA. 
Para quem não é da área (saúde) isso pode parecer que não é um grande problema. Mas para as pessoas que tem um mínimo de acesso a rede pública tem ideia de como qualquer centavo faz a diferença. Aqui - no Sul maravilha - não tem leitos para os pacientes, ou seja ficam no corredor ou no chão; não tem medicação para doenças cronicas, por exemplo, não tem medicação para dislipidemia (colesterol alto) no meu município; Não tem nutricionista nem fisioterapeuta no posto - NÃO É EVIDENTE A IMPORTÂNCIA DESSES PROFISSIONAIS? 
Governo gerindo o SUS

O governo ao invés de tomar medidas que de fato podem trazer alguma mudança real para saúde publica, ficam fazendo politicagem de merda para agradar pseudo-profissionais. Enquanto isso O POBRE QUE MAIS PRECISA DO SUS SE FODE! 

Desculpem o desabafo. Deixo a entrevista do Conselho federal de medicina no programa Entre Aspas da globo news, caso alguém tenha  interesse no tema.  







6 comentários:



  1. E o melhor de tudo, você quem paga por tudo isso via impostos diretos e indiretos a se perder de vista.

    Já desisti do SUS há muito tempo. Atualmente estou fazendo uma reserva enorme para pagar um plano de saúde particular com boa cobertura, visto que as porcarias dos planos populares são equiparáveis ao sus.

    Muito disso porque custos são proibitivos e o plano só repassa parte dos ganhos ao médico , temos péssimos profissionais neste área. Os melhores atendem em clinica particulares.

    Não tem jeito! O negocio é fazer uma reserva enorme em investimento desde tenra idade para pagar internação , exames no particular.


    Ademais você sabe que em casos mais graves é preciso uma bateria de exames que até mesmo hospitais particulares meia bomba de qualquer cidade mediana não conseguiram executar.

    EX: Em alguns hospitais é necessário equipamento + profissional habilitado a operar tais equipamentos, ademais os custos para operar tais equipamentos são proibitivos, sendo que muito destes equipamento são importados.



    Resumo: Pobre já nasceu fodido!

    O importante é você ter consciência desde de tenra idade como funciona o sistema, principalmente para não depender da muleta estatal; caso contrario vai estar junto aqueles mulheres ali sentada no chão dos hospitais públicos.


    Aproveite juventude para trabalhar e construir, porque se gastar com carros festa , baladas e todo lixo de entretenimento que empurram para o povão, ai meu querido: SUS lhe aguarda .

    Não adianta lutar contra o sistema, você vai ficar amargurado de ver tanta coisa sendo feita errada propositalmente.

    EX:

    Quanto cursos lixos de humanas sem aplicação prática no mundo real são oferecidos nas faculdades públicas e particulares.

    Tudo começa pelo sistema de ensino que esta focado em fornecer porcarias sem utilidade prática nenhuma para humanidade,consequentemente estes caras formados em estudo das relações extra conjugais do moluscos vão para sistema político para decidir aonde vai ser aplicados tais recursos .


    Bom é isso .

    Abraço


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mestre dos dividendos, adorei a análise.
      Concordo plenamente, sem dúvida alguma não podemos esperar auxílio do SUS, principalmente em casos de urgência e emergência médica.

      Um abraço

      Excluir
  2. Olá IU,

    Agora só basta falar para as pessoas cuidarem das doenças através de orações. Brincadeira isso.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que já falamos. Paciente esperando uma cirurgia 9 meses no leito ou precisando fazer hemodiálise e não tem máquina e etc. É triste.
      abraço

      Excluir