domingo, 15 de julho de 2018

VOTAR EM QUEM PARA PRESIDÊNCIA?

Estou aproveitando as férias para tentar conhecer um pouco melhor sobre os candidatos a presidência.



Pensei em criar critérios, que julgo ser fundamentais a qualquer gestor, e aplicar aos candidatos, conforme vão sendo eliminados vou afunilando as opções.
O primeiro critério é a corrupção partidária, eu não quero votar em nenhum candidato com um partido envolvido em grandes casos de corrupção.
Então vamos analisar a breve lista.


Corrupção partidária 
Partidos dos Trabalhadores PT Luiz Inácio Lula da Silva Mensalão
Movimento Democrático Brasileiro MDB Henrique Meirelles  Mensalão
Democratas DEM Rodrigo Maia  Mensalão
Partido Democrático Trabalhista PDT Ciro Gomes  Mensalão
Partido Social Democracia Brasileira PSDB Geraldo Alckmin  Mensalão 
Partido Social Cristão PSC Paulo Rabello de Castro Cunha 
Solidariedade SD Aldo Rebelo Lava Jato
Partido Trabalhista Cristão PTC Fernando Collor  Lava Jato



Cada sigla dos partidos vem acompanhada de uma matéria sobre corrupção. Tem dezenas na internet, vocês podem ver outras.


Sei que existem candidatos novos como João Amoedo que ainda não analise, mas é que a indigestão é grande só com essa lista. Vou ter que fazer em partes para não vomitar.
O segundo critério que pretendo analisar é denuncias de corrupção feitas ao candidato.
Estou aberto a qualquer sugestão.


Um abraço

20 comentários:

  1. Boa postagem,
    Próximo critério poderia ser excluir candidatos alinhados ao comunismo/socialismo.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado pela sugestão Além da poupança!

      um abraço

      Excluir
  2. Respostas
    1. aqui é brasil, não faz diferença em quem se vota. não tivemos nenhum grande presidente, apenas corrupto após corrupto.

      não vai ficar muito melhor e não acredito que um milagre vai acontecer.

      abs!

      Excluir
    2. Entendo seu pessimismo Scant.
      Acredito que sou um pouco mais otimista.

      Obrigado por acompanhar

      um abraço

      Excluir
    3. Scant, a minha vontade é de votar tudo nulo nessas eleições, principalmente para deputado e senador. Não queria contribuir com meu voto para aqueles bandidos continuar no poder, mesmo que eles sejam eleitos, não vai ser com meu voto. Mas eu ainda estou em dúvida quanto a isso. Penso que poderia votar em alguém novo, alguém que não é político ainda, e assim ajudaria no processo da renovação da política. Pode ser que o candidato nem seja eleito, mas pelo menos eu estaria fazendo a minha contribuição.

      Apesar da minha revolta e vontade de votar nulo, já pensou se todo mundo com esse sentimento fizesse isso ao invés de votar em novas pessoas? Os mesmos candidatos de sempre, os políticos de carreira, seriam eleitos com mais facilidade ainda. É algo a se pensar.

      Excluir
  3. Bolsomito é claro mas nada muda já que o pxmo presidente será um mero player de orçamento e nao terá dinheiro para investir em nada sequer pagar a previdencia...

    ResponderExcluir
  4. Olá IN,

    O único desses candidatos que é menos ruim é o Bolsonaro. Os outros tem pautas socialistas e comunistas. A esperança é que o Bolsonaro ganhe, caso contrário estaremos mais fudidos ainda. Claro que ele não vai ser o salvador da pátria, mas eu não confio em esquerdistas.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo.
      O que você acha do joão Amoedo?
      Obrigado por acompanhar.

      Um abraço

      Excluir
    2. Eu não tenho opinião formada para ele. Dizem que é liberal, mas não é conservador. O problema é que ele tem menos de 1% de chance de ganhar e eu aposto em Bolsonaro porque ele é o único que tem chance de vencer a esquerda.

      Abraços.

      Excluir
    3. Realmente, as intenções de votos do Amoedo são pequenas.

      abraço

      Excluir
  5. Sobram 3 comunistas filhos da puta, um cara que ninguém sabe de onde saiu e paga de solução mágica e outro cara que luta contra uma cambada de filhos da puta durante 30 anos e que não tem medo de falar nem fazer o que deve ser feito.

    Qual a dúvida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tirano,
      vejo que o pessoal da blogosfera gosta muito do Bolsonaro, ainda não analisei o partido dele nem ele, sob o olhar da corrupção. Vou fazer isso no próximo poste.
      Obrigado por acompanhar

      um abraço

      Excluir
  6. Eu não avalio se um partido é corrupto, porque senão não sobra quase nenhum. Acho melhor avaliar as ideias do partido e do candidato em si. Se o partido for corrupto, mas o candidato não for, e se ele tiver boas ideias, por que não votar nele? Já se o candidato for corrupto, aí já é outra história. Mesmo que ele tenha boas ideias, já fico com um pé atrás de votar nele.

    Recomendo você assistir as entrevistas já feitas com os candidatos. Os da Jovem Pan foram os que eu mais gostei. Tem no YouTube. Assista todos os que lhe interessar e os que você ainda não tem opinião formada, para você começar a ter uma ideia. Depois pesquise mais sobre as ideias deles, e assista outras entrevistas para complementar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Calvin,
      Não vou votar em partidos envolvidos em grandes esquemas de corrupção (mensalão, petrolão, lava jato) porque acredito que um candidato honesto de verdade não se relaciona com um partido desses. A partir desse ponto posso pensar em projetos de governo.

      Obrigado pela dica do youtube, estou assistindo "todas" as palestras.

      Um abraço

      Excluir
  7. O problema do Brasil é cultural e não partidário. Lógico que se entrar um partido de esquerda vai só aumentar gastos com funcionalismo sem contra partida. Os partidos de direita tendem a começar uma onda de privatizações. Mas ambos vão roubar.

    Estou analisando o candidato Joao Amoedo, assim como vereadores e deputados de seu partido. Por enquanto todos com ficha limpa. Unico partido a não utilizar fundo partidário.

    Como o JOao amoedo não deve ter a mínima chance, num segundo turno vou de Alckmim. Mesmo sabendo que Alckmim é mais do mesmo.
    Nunca votei e nunca votarei num partido de esquerda, por incompatibilidade ideologica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa análise Kspov,
      Compartilho parcialmente de sua análise.

      um abraço

      Excluir